Pelo Maranhão, apenas Roberto Rocha votou a favor do decreto pró-armas
Política

Pelo Maranhão, apenas Roberto Rocha votou a favor do decreto pró-armas

Eliziane Gama e Weverton Rocha estão entre a maioria que votou pela aprovação do parecer que derruba o decreto do presidente Jair Bolsonaro

Refaz

Dos três senadores do Maranhão, apenas o líder do PSDB na Casa, Roberto Rocha, votou pela manutenção do decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que facilita o porte de armas.

Os outros dois senadores maranhenses, Eliziane Gama (Cidadania) e Weverton Rocha (PDT), votaram pela aprovação do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que derruba o decreto.

O parecer foi aprovado pelo plenário do Senado nesta terça-feira 18, por 47 votos a 28.

Com a decisão, o texto seguirá para análise da Câmara dos Deputados. Enquanto a Câmara não analisar o tema, as regras previstas no decreto continuarão valendo.

O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. É diferente da posse, que só permite manter a arma dentro de casa.



Comentários 1

Comente esta reportagem