PGJ investiga se Ana do Gás intermediou obras públicas com burla em licitações
Política

PGJ investiga se Ana do Gás intermediou obras públicas com burla em licitações

Supostos atos teriam ocorrido em Santo Antônio dos Lopes, onde o marido dela já foi prefeito. Procedimento investigatório criminal foi instaurado na semana passada

A Assessoria Especial de Investigação da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), órgão máximo do Ministério Público do Maranhão, instaurou um procedimento investigatório criminal contra a deputada estadual licenciada Ana Nazaré Mendonça, a Ana do Gás (PCdoB).

O objetivo das investigações é apurar se ela intermediou a realização de obras públicas sem o regular procedimento licitatório no município de Santo Antônio do Lopes, onde seu esposo, Eunélio Mendonça, já foi prefeito.

O procedimento foi aberto da semana passada, a partir da conversão de uma notícia de fato de 2018, pela promotora de Justiça Geraulides Mendonça Castro.

A Assessorial Especial da PGJ é o setor responsável por apurar atos ilícitos praticados por agentes políticos detentores de foro por prerrogativa de função.

O prazo para conclusão das investigações é de 90 dias.

Atualmente, Ana do Gás comanda a Secretaria de Estado da Mulher (Semu) no governo do camarada Flávio Dino (PCdoB).

Outro lado

O ATUAL7 encaminhou e-mail à Comunicação do Estado, solicitando um posicionamento de Ana do Gás sobre as investigações, e aguarda retorno.



Comente esta reportagem