Alberto Pessoa Bastos
DPE do Maranhão reduz custos em 92,14% com adoção de transporte por aplicativo
Política

Instituição pública foi a primeira no estado a adotar o procedimento para atender parte das necessidades de deslocamento de defensores públicos e servidores em serviço

A Defensoria Pública do Estado (DPE) do Maranhão conseguiu reduzir em 92,14% os custos com transporte, se comparados os valores gastos em janeiro deste ano e janeiro de 2018.

A informação foi divulgada pela instituição nesta semana, com a explicação de que a redução foi possível graças à adoção de sistema de transporte por aplicativo na região metropolitana de São Luís.

Em janeiro de 2018, quando a Defensoria contava com dois carros locados, foi registrado um custo de R$ 21.658,60, incluindo o aluguel e o custo do combustível utilizado nos veículos. Em janeiro deste ano, porém, os custos com o transporte de passageiro acionado por aplicativo caíram para apenas R$ 1.702,98.

“Com a economia alcançada partir de várias ações como esta do transporte, podemos garantir a aplicação dos recursos em outras áreas, o que possibilitará uma oferta cada vez mais qualificada dos nossos serviços ao cidadão. Além disso, com a retirada de mais dois veículos locados no mês de fevereiro, conseguiremos reduzir ainda mais os custos”, comemorou o defensor público-geral do Estado, Alberto Pessoa Bastos.

A DPE do Maranhão foi a primeira instituição pública no estado a adotar a solução tecnológica para atender parte das necessidades de deslocamento de defensores públicos e servidores que estejam em serviço, visando a redução de gastos.

Segundo a instituição, o sistema de transporte é utilizado durante o dia, em alguns departamentos, e também à noite, durante a vigência dos plantões. Parte da frota locada na capital, que anteriormente contava com sete veículos, foi substituída pelo transporte via aplicativo.