Sebrae
Presidente e nova diretoria executiva do Sebrae no MA tomam posse nesta quinta
Economia

Raimundo Coelho e demais integrantes foram eleitos para liderar a instituição pelo quadriênio 2019 a 2022

O novo presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Maranhão, Raimundo Coelho de Sousa, e a nova diretoria executiva da instituição tomam posse nesta quinta-feira 17. A solenidade está marcada para às 19h e será realizada no auditório Terezinha Jansen, do Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, localizado no Cohafuma, em São Luís.

Raimundo Coelho e a nova diretoria executiva — formada pelo diretor Superintendente, Albertino Leal; diretor Técnico, Mauro Borralho, e diretora de Administração e Finanças, Rachel Jordão — foram eleitos em uma reunião extraordinária do conselho, realizada em novembro do ano passado. Todos foram eleitos para liderar a instituição pelo quadriênio 2019 a 2022.

O novo presidente do CDE é engenheiro agrônomo e vai acumular a função com a presidência da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (FAEMA). Coelho já atuava como vice-presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Maranhão na gestão do empresário Edilson Baldez, que se iniciou em janeiro de 2015 e findou no dia 31 de dezembro do ano passado. Coelho também foi secretário adjunto de estado da Agricultura, Pecuária e Pesca, de 2011 a 2014, e prefeito do município de Fortuna em dois mandatos consecutivos, de 1997 a 2004.

O diretor superintendente Albertino Leal vem do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), onde foi superintendente da entidade por cinco anos, além de já ter sido secretário municipal de Educação, de Governo, extraordinário de Assuntos Políticos e Orçamento Participativo da gestão de João Castelo e funcionário de carreira do Banco do Brasil. O diretor técnico e a diretora de administração e finanças vêm dos quadros técnicos do Sebrae, sendo que Rachel Jordão está sendo reconduzida para seu segundo mandato.

Durante a solenidade também será empossado o presidente do Conselho Fiscal da instituição para o quadriênio 2019-2022, Fernando Renner, que será reconduzido à função.

A nova diretoria executiva e o novo presidente do Conselho do Sebrae no Maranhão foram anunciados no dia 23 de novembro de 2018, após eleições realizadas em reuniões extraordinárias do Conselho Deliberativo da instituição, formado por 15 instituições públicas e privadas, ligadas ao desenvolvimento dos pequenos negócios no estado. Na ocasião, foi eleito também o empresário Celso Gonçalo de Sousa para exercer a representação como vice-presidente do conselho. Gonçalo é conselheiro do Sebrae representando o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Adriano destina R$ 100 mil ao Sebrae para empoderamento do microempresário
Política

Emenda tem como objetivo apoiar projetos de incentivo ao empreendedorismo

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) reuniu-se com o superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, na última terça-feira 14, para discutir e propor parcerias com a Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa como forma de incentivo e desenvolvimento ao setor econômico do estado.

A proposta é uma das bandeiras de luta do parlamentar, que atua como coordenador da Frente que reúne micro e pequenos empresários, microempreendedores individuais, produtores rurais, feirantes, comerciantes e população em geral.

Na oportunidade, Adriano entregou ao Superintendente do Sebrae a Emenda Parlamentar 22/2016, de sua autoria, que destina o valor de R$ 100 mil para a instituição, com o objetivo de colaborar com a promoção do empreendedorismo, do desenvolvimento e ações de apoio às micro e pequenas empresas do Maranhão.

Durante o encontro, foram discutidas várias formas de parceria entre o Legislativo e o Sebrae que podem resultar em diversos cursos de aprimoramento técnico para os servidores da Assembleia, além de estudos estratégicos na área econômica com vistas ao desenvolvimento dos municípios maranhenses.

Sebrae se reúne com o prefeito de Açailândia e município adere à RedeSim
Política

No Maranhão, o sistema pretende desburocratizar o processo de legalização das empresas recebeu o nome de Empresa Fácil

O Sebrae em Açailândia esteve reunido no último dia 20 com o prefeito do município, Juscelino Oliveira (PP), para apresentação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim).

A reunião aconteceu na Associação Comercial da cidade e foi intermediada pelo o consultor do Sebrae, Iomar Rodrigues, que explicou a importância e os benefícios da implantação do sistema ao município. “O sistema possui várias vantagens, como a automatização, agilidade e a transparência nos serviços”, enfatizou.

No Maranhão, a RedeSim recebeu o nome de Empresa Fácil. O sistema pretende desburocratizar o processo de legalização das empresas, facilitando a abertura, fechamento e alteração do registro mercantil, através de um portal, em que os usuários poderão ter acesso a todos os serviços.

Durante a reunião estiveram presentes, o gestor de projetos do Sebrae, Rhaufe Fonseca, juntamente com o secretário municipal de Indústria e Comércio, Cleones Oliveira; secretário municipal de Meio Ambiente, Sininger Vidal; o agente de desenvolvimento José Francisco; e a chefe de escritório da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), Zorailde Batista.

Após a apresentação da RedeSim, o prefeito Juscelino Oliveira assinou o Termo de Adesão à implantação do sistema, que permite sua instalação no município.

Para o prefeito de Açailândia, a parceria entre Sebrae, Associação Comercial e o governo estadual tem contribuído com o crescimento da economia na região. “Acreditamos que o sistema beneficiará toda a população, é uma boa oportunidade para os pequenos empreendedores sair da informalidade, e assim passarem a trabalhar legalmente, prestando serviços a qualquer empresa”, destacou.

O gestor de projetos do Sebrae, Rhaufe Fonseca, frisou a importância da RedeSim em Açailândia. “O sistema vem facilitar os procedimentos do registro e alterações de empresas na cidade. O Sebrae apoia esse projeto, porque acredita que essa ferramenta vem contribuir com o desenvolvimento local”, pontuou.