TJ decide abrir dois processos administrativos contra Sidarta Gautama
Política

TJ decide abrir dois processos administrativos contra Sidarta Gautama

Desembargadores vão apurar conduta do juiz de Caxias em supostas irregularidades na concessão de liminares

O pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão decidiu instaurar dois PADs (Processos Administrativos Disciplinares) contra o juiz titular da 1ª Vara da Comarca de Caxias, Sidarta Gautama.

Em ambos, os desembargadores vão apurar a conduta do magistrado em supostas irregularidades na concessão de liminares.

Um dos PADs, mostrou o ATUAL7 mais cedo, é resultado de reclamação disciplinar das gigantes de tecnologia Microsoft, Yahoo! e Google, e envolve o empresário cearense José Juacy Cunha Pinto Filho. O outro diz respeito a pedido de providências feito pelo deputado Yglésio Moyses (PROS), sobre a transferência de alunos de universidades particulares, inclusive do exterior, para o curso de Medicina da Uema (Universidade Estadual do Maranhão) em Caxias.

Apesar de todos os desembargadores concordarem com as graves suspeitas que pesam contra Sidarta Gautama, a maioria votou apenas pela instaurações dos processos administrativos, evitando o afastamento do magistrado das funções de juiz.



Comentários 2

  1. Pingback: Atual7

  2. Pingback: "ELE É PERICULOSO PARA A SOCIEDADE" DIZ DESEMBARGADORA SOBRE JUIZ DE CAXIAS - Blog do de Sá

Comente esta reportagem