Coronavírus se espalha pelo interior e atinge 39 novas cidades do MA em 10 dias
Cotidiano

Coronavírus se espalha pelo interior e atinge 39 novas cidades do MA em 10 dias

Salto mostra que a pandemia tem ganhado território de maneira acelerada pelo interior maranhense

Análise do ATUAL7 no avanço do novo coronavírus no Maranhão mostra que a pandemia chegou a 39 novas cidades em apenas 10 dias. O levantamento foi feito com base no boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado da Saúde), entre os dias 11 e 21 de maio.

Segundo os dados, no último dia 11, incluindo a Aglomeração Urbana de São Luís, o Maranhão registrava 163 municípios com casos confirmados de Covid-19. Até as 21 horas de ontem, porém, esse número subiu para 202 municípios afetados.

Em número de casos e de óbitos durante o período, contabilizando apenas os registrados nos municípios do interior, subiu de 3.123 pessoas diagnosticas e 64 mortes em decorrência da doença, para 9.597 e 168, respectivamente.

O salto mostra que o novo coronavírus tem ganhado território de maneira acelerada pelo interior maranhense. Em algumas cidades o aumento do número de casos confirmados de Covid-19 ultrapassou 100% no período, e surgiram os primeiros óbitos, o que sugere que elas próprias já viraram foco de contaminação.

É o caso de Açailândia, que em 10 dias viu a quantidade de pessoas infectadas saltar de 76 para 187, e registrou duas mortes em decorrência da doença.

No município, em parceria com o Estado e a prefeitura, a Vale abriu um hospital de campanha para atendimento exclusivo de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Ao todo, são 60 leitos, sendo 53 clínicos e sete de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). A estrutura dará apoio aos municípios da Região Tocantina. A empresa também disponibilizou duas ambulâncias de plantão, ambas equipadas com estrutura de UTI.

Outro município que também passou a ser mais afetado pela pandemia, segundo o período do levantamento, foi Chapadinha. Até o dia 11, a cidade registrava 178 casos positivos. Segundo o monitoramento da SES divulgado ontem, a quantidade de pessoas contaminados aumentou para 521, com nenhum óbito registrado até o momento.

Bacabal, possivelmente, também já se tornou foco de contaminação. No dia 11, a cidade registrava 67 casos positivos e 1 óbito, segundo a SES. Ontem, dados da Secretaria de Saúde do Maranhão apontam que subiu a quantidade de pessoas infectadas, para 177.

Apesar da rápida propagação do vírus pelo interior e da queda no índice de isolamento social, na última quarta-feira 20, o governador Flávio Dino (PCdoB) editou decreto, com vigência a partir da próxima semana, autorizando a reabertura experimental do comércio e serviço não essencial em todo o estado. A retomada será gradual, com previsão de liberação total em até 45 dias, inclusive de escolas.

Como a realidade da rede pública de saúde dos municípios maranhenses não suporta ser submetida a experiências, com base em decisão recente do STF (Supremo Tribunal Federal), o próprio decreto estadual prevê que os prefeitos poderão editar medidas restritivas mais rígidas para a respectiva localidade. A Famem (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão) tem orientado os gestores a respeito.



Comente esta reportagem