Após lobby de Flávio Dino, TJ-MA reduz salários de servidores estaduais
Política

Após lobby de Flávio Dino, TJ-MA reduz salários de servidores estaduais

Governador do Maranhão se reuniu pessoalmente com desembargadores para retirar 21,7% do salário base do funcionalismo

Refaz

O governador Flávio Dino (PCdoB) deu um duro golpe, na manhã desta sexta-feira 4, em todos os servidores públicos do Maranhão.

Entidades chegaram a emitir nota repudiando a ação do governador Flávio Dino contra os servidores públicos do Maranhão
Atual7 Governador golpista Entidades chegaram a emitir nota repudiando a ação do governador Flávio Dino contra os servidores públicos do Maranhão

Após lobby pessoal do próprio comunista no Tribunal de Justiça, que disfarçava no mesmo horário a sua punhalada tomando sorvete no Reviver ao lado de populares, os desembargadores votaram contra o funcionalismo público na ação nº 36.586, e derrubaram os 21,7% de correção dos vencimentos dos servidores, diminuindo o salário base da categoria em um quinto.

O julgamento terminou agora há pouco.

Apesar do relator do processo, desembargador Marcelino Everton, ter votado a favor da manutenção da correção nos vencimentos dos servidores, o voto não foi acompanhado pelo restante da Corte, votando contra os 21,7% os desembargadores Jamil Gedeon, Luiz Gonzaga, Ricardo Duailibe, Lourival Serejo, Paulo Velten e Cleones Cunha. Com isso, quem já recebia a correção vai deixar de receber e quem pleiteava receber não receberá mais.

A investida macabra do governador em membros do Poder Judiciário já havia sido revelada por pelo menos 10 entidades de classe, como pode ser atestado ao lado.

Embora o processo julgado hoje atinja inicialmente apenas os servidores do Judiciário, a decisão deve servir como precedente para anular também os 21,7% de correção dos vencimentos de todos os servidores de níveis médio e fundamental do Executivo e do Ministério Público do Maranhão.

Em contato com o Atual7, o presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça (Sindjus) do Maranhão, Aníbal Lins, informou que, diante das contradições, recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), já que esta mesma Câmara já havia julgado antes outra ação rescisória e negou provimento. Uma Assembleia Geral também já está marcada para acontecer no próximo dia 12, às 10h, no Clube Social Recreativo na Estrada da Raposa.

"Embora recorramos no plano judicial, no plano político não temos nenhuma condição de aceitar passivamente qualquer cenário de redução salarial da categoria. Ou seja, ainda que fiquemos no aguardo do desfecho um recurso judicial dirigido ao STJ, no plano factual não vamos ficar aguardando. Vamos decidir o que fazer na Assembleia Geral do dia 12. Ninguém tem como concordar passivamente com redução de um quinto de seu salário depois de um ano desse valor incorporado aos orçamentos de milhares de pais e mães de família", declarou.



Comentários 35

  1. Pingback: Após lobby de Flávio Dino, TJ-MA reduz salários de servidores estaduais | Blog do Bezerra

  2. Carlos Eduardo

    Flavio Dino olha o que vc ta fazendo! Cuidado! Não pense que vc é imbatível! Será mesmo verdade isso que falam de vc? Sobre ser arrogante e prepotente. Em 2018 podem lhe dar o troco

  3. André

    Votei no Lobinho, porque por pior q fosse com ele, prefiro confiar em um "playboy" do que em um Comunista de carteirinha.

  4. Pingback: Atual7

  5. Edenilson

    Por isso que a minha família sempre votou na roseana sarney esse cara que dizia que iria mudar o Maranhão para melhor só se for para a família dele.isso que ele está fazendo não,é só com as pessoas que trabalham no judiciário que irá prejudicar mas também toda a população maranhense porque, esses servidores trabalham para o bem das pessoas mais humildes de São Luís e do Maranhão. Esses trabalhadores que já ganham pouco esse cara e esses desembargadores que só pensam em si tem motorista,salários altos e modormias.so aqui que acontece isso.

  6. Jorge

    Isso sempre foi um FDP, o Maranhão é um Estado atrasado por culta exclusiva desses maranhenses que não sabem votar, não reclamam, agora aturem bando de besta.

  7. Pingback: Atual7

  8. Salatiel

    A matéria fala de futuro que não ocorreu. O que houve foi a não correção de salários e não a redução de salários, pois vejam os servidores do judiciários nível médio já recebem mais, por exemplo, que um professor de nível superior. E não acredito que isso atinja a outros servidores estaduais. Tem gente que apenas ler o titulo da reportagem oposicionista, a favor de rosinha... E a querem mostrar como uma santa que mantinha uma oligarquia em nosso estado. Acordem, e sejam mais críticos ao que lêem!!!

  9. Realista

    Muito justo governador!!!! Esse povo do judiciário vive mamando o dinheiro do governo, bem como a maioria dos servidores públicos, sem fazer absolutamente nada, além de ganhar bem pra prestar um péssimo serviço. Chegando no trabalho às 9hs e saindo às 13hs. Tem que trabalhar com decência pra ganhar bem. Tem que parar de sugar do governo e trabalhar de verdade. Por causa da mentalidade de um povo que só olha pro seu umbigo e não olha pro coletivo que o Maranhão tá no atraso.

  10. Pingback: Atual7

  11. Um cidadão

    Tu és 'Realista" ou puxa-saco? Lave a boca para falar de servidor público. Até porque não dá nem para comparar um concursado, com um "apadrinhado"? E, ignorantes como você devem desconhecer de leis. Vá pesquisar do que trata a ação de incorporação dos 21,7%, antes de falar besteiras. E indecente deve ser você - imbecil!. Quem deve ser acostumado a sugar do governo é você - idiota! Deve ganhar muito bem desses políticos safados pra ficar puxando saco. Vê se cresce... e tem amor próprio rapaz.... vá estudar!!!

  12. Pingback: Atual7

  13. Pingback: Atual7

  14. Moura

    Essa é a "valorização" que ele tanto prometeu aos servidores públicos? Depois de lotar os Órgãos públicos de apadrinhados, o lobby perfeito! Palmas para nós que votamos nele e agora estamos arrependidos...

  15. Pingback: Atual7

  16. Wagner

    Não concordo com determinadas atitudes da atual gestão, mais daí clamar pela volta de Roseana Sarney não dá né. Isso é argumento de analfabetos político; ou será que já se esqueceram que todo o atraso do Maranhão é obra da família Sarney? Gente, foram mais de 50 anos de pacto da mediocridade , não podemos esquecer! Se não resolver com o Flavio, vamos pensar em outra alternativa, mas jamais no retrocesso.

  17. Pingback: Atual7

  18. Pingback: Sindjus recomenda a servidores que não votem nos candidatos de Flávio Dino em 2016 | BLOG DO ADONIAS SOARES

  19. observador

    concordo com o realista,tem muitos funcionarios ganhando R$8000,00 por mes e prestando um serviço d pessima qualidade e super lento,acho que deveria cortar era 70%.

  20. Pingback: Atual7

  21. Analista

    8.000,00 por mês????
    Acho que vc está enganado.
    Esse salario é para apadrinhados, aqueles que mamam e não trabalham. Esses sim chegam as 9:00 e saem as 13:00.
    Ele reduziu o salario daqueles que trabalham, e invlusive batem ponto para evitar cortes ao fim do mês. Daqueles que carregam o funcionalismo publico nas costas e que quando vc precisa, eles estão lá!
    Estamos falando de pais e mães de familia. E antes de julgar ou fazer comentários sem fundamento, precisamos ser mais humanos. São trabalhadores como todos nós e merecem respeito!!!

  22. Pingback: Atual7

  23. Pingback: Atual7

  24. Pingback: Atual7

  25. Pingback: Atual7

  26. Pingback: Portal Romério carvalho

Comente esta reportagem