Lahésio Bonfim
Em São Pedro dos Crentes, PSL elege prefeito e todos os vereadores da Câmara
Política

A partir de 2021, poderes Executivo e Legislativo serão integralmente controlados por apenas um partido político no município

O PSL, partido pelo qual o presidente Jair Bolsonaro foi eleito em 2018 e do qual se desfiliou em novembro do ano passado, conseguiu conquistar a prefeitura e todas as vagas da Câmara de Vereadores de São Pedro dos Crentes nas eleições de 2020. Com isso, os poderes Executivo e Legislativo do município maranhense de 4,6 mil moradores serão integralmente controlados por apenas este partido político, a partir de 2021. Os dados são no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Para a prefeitura, a população reelegeu o médico Lahésio Bonfim (à direita), símbolo de resistência ao governador Flávio Dino (PCdoB) e que no pleito anterior era do PSDB, com 90,11% dos votos. A adversária dele na disputa, Leila Coutinho (Republicanos), teve apenas 9,89%.

Já para a Câmara, levaram a melhor Eliane Cigana, Asaf Sobrinho, GE do Pedro, Flávio do Vale, Jessione, João Filho, Zeca da Senhora, Iolanda e Tania Mendes. Destes, cinco (Eliane, Jessione, João Filho, Iolanda e Tania Mendes) foram eleitos pela primeira vez. GE do Pedro, Flávio do Vale e Zeca da Senhora vão para o segundo mandato eletivo, e Asaf Sobrinho para o quarto.

O petista Roberto Vargas, que também tentava a quarta eleição para a Câmara Municipal de São Pedro dos Crentes, apesar de ter conquistado 227 votos, quantidade superior aos votos depositados em três candidatos que foram eleitos pelo PSL por quociente partidário (votos do partido ou coligação divididos pelo quociente eleitoral), não conseguiu se reeleger.

De acordo com os dados da Justiça Eleitoral, apenas 96,86% do eleitorado que compareceu às urnas votou em um dos concorrentes à prefeitura e à Câmara no pleito municipal deste ano. 2,62% votou nulo e 0,52% branco.

O PSL é comandado no Maranhão pelo vereador de São Luís, Francisco Carvalho (de camisa azul).