Lago da Pedra
Maura Jorge reivindica ações para Lago da Pedra em visita a ministérios
Política

Prefeita reuniu-se com os ministros Sarney Filho e Ricardo Barros. Ele esteve acompanhada pelo deputado federal Aluísio Mendes

A prefeita do município de Lago da Pedra, Maura Jorge (PTN), cumpriu agenda institucional em Brasília, em busca de ações para o desenvolvimento da cidade. Acompanhada de seu companheiro de partido, deputado federal Aluísio Mendes, ela esteve reunida nos últimos dias com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho; e da Saúde, Ricardo Barros.

Nas reuniões, dentre as demandas solicitadas, a prefeita pediu ao ministro do Meio Ambiente parceria efetiva no projeto de revitalização do lago que deu origem ao nome do município, Lago da Pedra. Sarney Filho prometeu empenhar-se pela viabilidade do projeto.

“A revitalização desse lago além de manter viva nossa história, proporcionará aos nossos munícipes mais um ambiente de lazer, turismo e fonte de renda sustentável”, disse.

Já na reunião com o ministro Ricardo Barros, Maura Jorge discutiu sobre a situação atual do município, e mostrou a necessidade de parcerias para que Lago da Pedra possa avançar ainda mais na área da Saúde.

“Nos últimos anos inauguramos dezenas de postos de saúde, reformamos e adquirimos nova aparelhagem para o hospital Serra de Castro, além de criarmos programas e ações que deram celeridade nos atendimentos de saúde. Reforçarmos o pedido do pleito SAMU para os municípios de nossa regional, mais equipes para o Saúde da Família, o que corresponderá à geração de novos empregos para Lago da Pedra e melhoria na qualidade dos serviços prestado à população. Saio esperançosa e convicta que nosso pleito será atendido”, declarou.

Em Brasília, Maura Jorge reuniu-se ainda com a deputada federal e presidente nacional do PTN, Renata Abreu. Na reunião, foram definidos os próximos passos da legenda no Maranhão.

Neto Evangelista tem o dever moral de entregar o cargo e voltar para a AL
Política

Titular da Sedes é genro da prefeita de Lago da Pedra. Tucano só foi eleito deputado estadual graças aos votos garantidos pela sogra

Diante do ocorrido no último sábado 28 no município de Lago da Pedra, quando o governador Flávio Dino (PCdoB) impediu a prefeita da cidade, Maura Jorge (DEM), de discursar durante o evento de entrega de títulos de regularização fundiária, o secretário de Desenvolvimento Social do Maranhão (Sedes), Neto Evangelista, tem a obrigação moral de entregar o cargo ocupado do governo comunista.

Sogra e esposa de Neto Evangelista, que preferiu ficar ao lado de Flávio Dino em Lago da Pedra
Facebook Desvalorizadas Sogra e esposa de Neto Evangelista, que preferiu ficar ao lado de Flávio Dino em Lago da Pedra

Para quem ainda não entende o motivo ou acha exagero uma postura dessa natureza, explica-se: o secretário tucano é genro de Maura Jorge, e só foi reeleito deputado estadual em 2014 devido aos votos de Lago da Pedra, todos capitaneados pela sogra.

Já que se trata de uma questão familiar e política, apesar de ter ficado publicamente ao lado do patrão, que tentou envergonhar Maura Jorge diante da população da cidade que o elegeu, ainda há tempo de Neto Evangelista mostrar hombridade e voltar para a Assembleia Legislativa, afinal, foi por ter sido eleito que ganhou o cargo do governo, inclusive em articulação que deu oportunidade para que um aliado do Palácio dos Leões, o suplente de deputado do exercício do mandato Rafael Leitoa (PDT), pudesse sentar numa das cadeiras do Legislativo estadual.

"O governadô tá falano"

Diferente do correlegionário, o vice-governador Carlos Brandão, que tentou impor o silêncio aos moradores de Lago da Pedra com a alegação de que quando "o governadô tá falano" o povo deve calar-se, a situação é diferente.

Sem chances de reeleição para a Câmara Federal e alçado ao posto de companheiro de Dino nos Leões por ironia do destino, Brandão é só mais um vice-governador sem prestígio, sem autoridade, sem nome.

Abaixo, o vídeo que mostra Neto Evangelista apoiando a ação coronelista de Flávio Dino e Carlos Brandão fazendo as vezes de animador de palanque:

MA-245: Fábio Macedo e Vinícius Louro fazem festa com chapéu alheio
Política

Obras foram retomadas desde o início do mês. Prefeita Maura Jorge já havia buscado a retomada das obras desde o início de fevereiro

Os deputados estaduais Fábio Macedo (PDT) e Vinícius Louro (PR) protagonizaram uma cena infantil e de extremo mau caratismo, nessa segunda-feira (15), durante a sessão da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Mais preocupados em pegar carona em obras retomadas pelo governador Flávio Dino (PCdoB) do que trabalhar em benefício da população dos municípios de Lago da Pedra e Lagoa Grande, onde tentam manter redutos eleitorais, a dupla disputou a "paternidade" do reinício da construção e pavimentação da MA-245, que liga as duas cidades e outras rodovias do Maranhão - e atolou o repórter da Globo, jornalista e apresentador Caco Barcellos, há cerca de dois meses.

Mesmo tendo buscado a retomada da obra desde fevereiro, prefeita Maura Jorge não brigou pela "paternidade" do benefício para a população de Lago da Pedra e Lagoa Grande
Prefeitura de Lago da Pedra Aula Mesmo tendo buscado a retomada da obra desde fevereiro, prefeita Maura Jorge não brigou pela "maternidade" do benefício para a população de Lago da Pedra e Lagoa Grande

Responsável pela execução dos serviços, a empresa Edeconsil Construções e Locações Ltda, pertencente ao empresário Fernando Cavalcante, o Fernandão, já havia retomado as obras desde o início deste mês, por determinação do próprio governador - e não por qualquer intervenção dos parlamentares -, após o Atual7 repercutir matéria do Blog do Carlinhos, dando conta que os caminhões do "Mais IDH" não conseguiram trafegar pela estrada, completamente tomada por atoleiros e muita lama.

A bem da verdade, se tem alguém que tem o direito de declarar que brigou pela MA-245 é a prefeita Maura Jorge (DEM), que esteve em audiência com o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, em São Luís, desde o início do mês de fevereiro deste ano, quando também conversou com o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, apresentando um projeto para a criação de um polo industrial de Corte e Costura em Lago da Pedra, visando a geração de emprego e renda para o município e região.

Noleto vai notificar responsável por obra que desabou 24 horas depois de inaugurada
Política

Ponte que liga os municípios de Paulo Ramos e Lago da Pedra desabou no momento em que uma caçamba passava por ela com o basculante cheio de areia

Em contato com o Atual7, por telefone, o secretário de Infraestrutura do Maranhão, Clayton Noleto, informou que notificará a empresa Central Engenharia de Construções Ltda - ME, responsável pela construção de uma ponte improvisada pelo governo Flávio Dino na MA-119, estrada que liga os municípios maranhenses de Paulo Ramos e Lago da Pedra, região do Pindaré, e que desabou na manhã desta terça-feira (14), 24 horas depois de inaugurada.

A estrada havia sido interditada na última semana de março deste ano, quando uma forte enxurrada arrastou toda a estrutura da ponte, mas voltou a ser reativada no início desta semana, em fases de testes, após a construção de uma nova ponte por determinação da Sinfra.

Noleto informou ao Atual7 que, embora provisória, a ponte deveria suportar o peso do caminhão caçamba que, ao passar por ela com o basculante cheio de areia, levou toda estrutura a despencar, e por pouco não levou o veículo e o motorista a caírem em um rio que passa entre a estrada.

- Essa ponte era pra ter resistido ao peso desse caminhão. Mas se qualquer forma eu já entrei em contato com a empresa, que será também notificada por escrito, e amanhã mesmo eles retomam as obras. Eu fui enfático que isso não pode acontecer de maneira nenhuma. Isso é inadmissível. Não era pra ter acontecido e não deve retornar a acontecer.

Caçamba que passava por ponte construída pelo governo Flávio Dino por pouco não foi engolida pelo buraco que separa a estrada
CMN Notícias Ruiu Caçamba que passava por ponte construída pelo governo Flávio Dino por pouco não foi engolida pelo buraco que separa a estrada
Obra do governo Flávio Dino na MA-119 desaba 24 horas depois de inaugurada
Maranhão

Veículo por pouco não foi completamente engolido pelo buraco que separa a estrada

Obra mal feita pelo governo Dino despencou um dia depois de inaugurada
Blog do Carlinhos Descaso Obra mal feita pelo governo Dino despencou um dia depois de inaugurada

Uma ponte improvisada pelo governo Flávio Dino na MA-119, estrada que liga os municípios maranhenses de Paulo Ramos e Lago da Pedra, região do Pindaré, desabou 24 horas depois de inaugurada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, comandada pelo comunista Clayton Noleto, e por pouco não resultou em tragédia.

Inaugurada nessa segunda-feira (13), a obra foi parar no chão no momento em que um caminhão caçamba passava por ela com o basculante cheio de areia. Com o peso, a ponte despencou, e o veículo por pouco não foi completamente engolido pelo buraco que separa a estrada.

A equipe de reportagem do CMN Notícias, que estava no local no momento do ocorrido e fez o registro, chegou a aguardar por horas a chegada de representantes das duas cidades e do governo estadual, mas acabou desistindo devido à demora.

A estrada estava interditada desde a última semana de março deste ano, quando fortes chuvas e águas de um rio que corta o local arrastaram toda a estrutura da ponte.