Luciano Genésio
TCE-MA esclarece que certidões apresentadas por prefeitos estão defasadas
Política

Avaliação feita pelo órgão continua sendo a mais confiável fonte de pesquisa sobre a transparência dos jurisdicionados em nível estadual

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão esclareceu ao ATUAL7, nessa terça-feira 5, que as certidões apresentadas pelos prefeitos Luciano Genésio (Pinheiro), Hilton Gonçalo (Santa Rita) e Fernanda Gonçalo (Bacabal), que comprovariam que os referidos municípios estão cumprindo com o que determina as leis da Transparência e de Responsabilidade Fiscal, estão defasadas.

Conforme comprovado pelo TCE-MA, diretamente pelo seu presidente, conselheiro Caldas Furtado, e pelo secretário de Controle Externo do tribunal, Bruno Almeida, os documentos divulgadores pelo trio de gestores têm a data de emissão de novembro último, mas correspondem a levantamentos realizados pelos auditores de contas do TCE-MA em um período anterior ao último levantamento oficialmente divulgado, há pouco mais de uma semana.

“Não houve falha do TCE, mas uma má interpretação entre as datas de emissão e de levantamento das certidões”, ressaltou Furtado.

No caso de Pinheiro, embora a emissão da certidão apresentada seja do dia 8 do mês passado, o mesmo documento mostra que a certidão corresponde ao levantamento realizado pela Secretaria de Controle Externo (Secex) no dia 5 de julho deste ano. Já as de Santa Rita e Bacabeira, embora emitidas no dia 13 de novembro último, são certidões de levantamentos do Secex feitos no dia 25 de setembro, ambas.

Com o esclarecimento do tribunal, a lista de avaliação dos jurisdicionados, divulgada permanentemente pelo órgão e atualizada trimestralmente, continua a ser a mais confiável fonte de pesquisa, a nível estadual, para que os cidadãos possam acompanhar se os entes municipais e estaduais estão de acordo ou marginais à legislação de transparência e de execução orçamentária e gestão fiscal.

O ATUAL7 entrou em contato com as assessorias de comunicação das três prefeituras, e solicitou um posicionamento a respeito do descumprimento da lei e da apresentação de certidões defasadas, mas nenhuma delas retornou o contato até a publicação desta matéria.

Certidões do próprio TCE-MA põem em descrédito lista de transparência
Política

Tribunal confirmou que prefeitos de Pinheiro, Santa Rita e Bacabeira estão cumprindo legislação, mas divulgou lista pública que aponta o contrário

Certidões do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão apresentadas pelos prefeitos de Pinheiro, Santa Rita e Bacabeira colocaram em total descrédito a, até então, temida lista feita pelo Parquet sobre o cumprimento dos judicionados quanto as chamadas Lei da Transparência e Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Divulgada pelo TCE-MA, no início desta semana, como a quinta avaliação realizada pelo órgão desde que a fiscalização trimestral teve início, em setembro de 2016, a lista, considerada a menina dos olhos do presidente da Corte, conselheiro Caldas Furtado, teve incluído os três entes municipais dentre os que estão marginais ao que determina a legislação.

Contudo, documentos do próprio tribunal, apresentados pelos prefeitos Luciano Genésio (Avante), Hilton Gonçalo (PCdoB) e Fernanda Gonçalo (PMN), mostram que a famigerada lista não condiz com a realidade.

No caso, enquanto no site do TCE-MA a lista de acesso público mostra que as administrações municipais estão em descumprimento com a legislação, as certidões emitidas no privado pelo mesmo TCE-MA mostram o contrário, que todos os três prefeitos — de Pinheiro, Santa Rita e Bacabeira — estão em total cumprimento a lei.

Pior ainda: a lista divulgada pelo Parquet de Contas como a mais atual está, na verdade, defasada.

No site, o mês de levantamento informado é o de outubro último. Já nas certidões apresentadas pelo trio de prefeitos, o levantamento é do mês de novembro, isto é, mais recente. Logo, se houve a consulta mais recente, deveria o tribunal ter atualizado o portal dos jurisdicionados.

Como o TCE-MA falhou nessa lista — que 72 horas depois ainda permanece sem correção —, provocando vexames e cobranças desnecessárias a quem está de fato cumprindo a lei, já não se pode mais afirmar, e nem confiar, se as listas anteriores, bem como as futuras, também não podem conter o mesmo grave erro.

Procurado por meio de sua assessoria de imprensa a se manifestar sobre o assunto, o Tribunal de Contas do Estado preferiu adotar o silêncio, não retornando o contato até a publicação desta matéria.

Câmara de Pinheiro rejeita pedido de cassação de Luciano Genésio
Política

Placar final foi de 10 votos a 4. Representação foi protocolada por populares ligados ao grupo que faz oposição ao prefeito

A Câmara Municipal de Pinheiro rejeitou, em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira 7, por maioria absoluta, uma representação que pedia a cassação do mandato do prefeito da cidade, Luciano Genésio (Avante).

O placar final foi de 10 votos a 4.

Votaram contra o pedido de cassação os vereadores Albininho (PCdoB), Alessandro Montenegro (PP), Capadinho (PMDB), Ednildo (PCdoB), João Moraes (PSB), Lucas do Beiradão (PSD), Paulinho Enfermeiro (PMN), Riba do Bom Viver (PDT), Rubemar (PMDB) e Sandro Lima (PCdoB). Pela cassação votaram os vereadores Guto (PV), Valter Soares (PV), Oziel Menezes (PSD) e Beto de Ribão (PSD).

A representação contra Luciano foi formulada por um grupo de populares ligados a oposição do prefeito, dentre eles o suplente de vereador Osmar Pacheco (PMDB), anilhado ao ex-prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PMDB). Segundo a denúncia, o prefeito era acusado de nepotismo, peculato e malversação da verba pública.

Além de representar derrota a Filuca, a decisão da maioria esmagadora dos vereadores, favorável a Luciano Genésio, atinge ainda o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB); o deputado federal Victor Mendes (PSD); e o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão, conselheiro João Jorge Jinkings Pavão.

Pinheiro: Luciano Genésio rebate ataques da oposição
Política

Foto em que prefeito está com a família numa casa recreativa para crianças foi usada contra o chefe do Executivo

Acompanhado da base do governo na Câmara Municipal de Veadores, o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (Avante), rebateu ataques da oposição, naa quinta-feira 3, durante entrevista ao programa Repórter Cidadão, da Rede TV.

De acordo com Luciano, uma foto divulgada nas redes sociais, em que ele aparece num momento familiar com a sua esposa e filho, não é em Dubai, nos Emirados Árabes, como prega a oposição, mas em São Paulo, numa casa recreativa para crianças.

Já sobre o pagamento do 13º salário dos professores, outro assunto utilizado pela oposição contra a sua administração, o prefeito esclareceu que o pagamento será feito ainda neste mês.

Ainda segundo Luciano, não há qualquer atrito em seu grupo político e tampouco discussões sobre a saída de secretários municipais.

Luciano garante obras para Pinheiro em encontro com Roberto Rocha
Política

Execução dos projetos será feita com recursos do PAC e por meio do Ministério da Integração Nacional

O prefeito do município de Pinheiro, Luciano Genésio (Avante), reuniu-se, nessa segunda-feira 31, em São Luís, com o senador Roberto Rocha (PSB-MA). No encontro, foi discutida uma agenda positiva para a população da cidade.

Dentre os projetos discutidos, destacam-se o de investimentos que garantam a revitalização da Avenida Pericumã – que equivale à Avenida Litorânea, em São Luís; e a construção de um moderno Centro de Abastecimento.

A execução das obras será garantida com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Além disso, o prefeito de Pinheiro garantiu, ainda, a destinação de pelo menos 20 quilômetros de pavimentação asfáltica para as ruas da cidade, por meio do Ministério da Integração Nacional.

Luciano garante permanência do curso de medicina em Pinheiro
Política

Anúncio foi feito ontem, em Brasília. Articulação contou com o apoio dos deputados André Fufuca e Waldir Maranhão

O prefeito do Pinheiro, Luciano Genésio (PP), recebeu do ministro da Educação, José Mendonça Filho, a garantia de que o curso de Medicina da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no campus do município não será desativado. O anúncio foi feito em reunião de trabalho, nesta quarta-feira 31, em Brasília. Articularam o encontro os deputados federais André Fufuca e Waldir Maranhão.

Segundo o ministro, uma comissão do Ministério da Educação (MEC) desembarcará em Pinheiro, nas próximas semanas, para realizar uma audiência pública com os universitários e professores. A comissão será coordenada pelo secretário de Educação Superior, Paulo Monteiro, e pelo secretário de Desenvolvimento da Educação, Silvio José.

A reitora da UFMA, professora Nair Portela, também deverá participar da reunião. O objetivo é ouvir estudantes e corpo docente para encontrar soluções urgentes para retirar o curso da situação de precariedade.

Há quase um ano, estudantes de Medicina da região da Baixada Maranhense vêm usando as redes sociais para denunciar o sofrimento com inúmeros problemas de ordem estrutural, tais como falta de professores e de laboratórios.

Devido a esta situação, a reitoria da UFMA chegou a cogitar a possibilidade de retirar o curso do campus de Pinheiro e transferi-lo para São Luís. Caso essa possibilidade se concretizasse, os universitários, principalmente pinheirenses e moradores de cidades próximas, seriam prejudicados.

“Trata-se, sem nenhuma dúvida, de uma grande vitória. A retirada do curso do campus de Pinheiro iria prejudicar centenas de universitários, principalmente os que residem na Baixada. Felizmente, com o apoio do Waldir e do André, obtivemos do ministro Mendonça Filho a garantia de que o campus pinheirense da UFMA continuará com o seu curso de Medicina”, comemorou Luciano Genésio.

Maranhão

Serão oferecidas 600 refeições por dia. Entrega será feita pelo prefeito Luciano Genésio

restaurante-popular-de-pinheiro

A Prefeitura Municipal de Pinheiro reinaugura, nesta segunda-feira 1º, o Restaurante Popular da cidade.

A obra será entregue à população pelo prefeito Luciano Genésio (PP), como cumprimento de promessa de campanha. O progressista retorna as atividades após licença para tratamento de assuntos pessoais. “Uma das principais virtudes do gestor público é cumprir com sua palavra”, ressaltou.

O objetivo da prefeitura é atender a população com uma alimentação balanceada, preparada com orientação de nutricionista, e incentivar a produção dos pequenos agricultores, já que os alimentos para o preparo das refeições serão comprados dos produtores locais.

Segundo Luciano, o oferecimento de alimentação de qualidade para quem mais precisa, e a preço baixo, havia sido cortado pela administração anterior. A volta dos serviços, garante, permitirá uma nutrição de qualidade para a toda a população. “Essa é uma obra importante, que agora vai atender todos os cidadãos”, comemorou.

Por dia, serão fornecidas 600 refeições.

Luciano retomará construção do sistema de captação de água em Pinheiro
Política

Previsão é de que a obra seja reiniciada na primeira semana do mês de abril e concluída em 180 dias

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), recebeu a garantia de que será retomada a obra de implantação do sistema de captação de águas no município. A garantia foi dada pelo diretor-presidente da companhia, Davi Telles, durante reunião de trabalho.

Interrompida na gestão passada, a obra beneficiará a população pinheirense com a melhora significativa do abastecimento em várias regiões da cidade.

“O abastecimento na cidade conta com uma estrutura falha e que não supre sua atual necessidade. Com a implantação deste novo sistema, iremos aumentar consideravelmente a oferta de água tratada para o povo”, disse Luciano.

O trabalho consistirá na substituição do conjunto de moto-bomba existente com vazão de 400 m³/h por dois conjuntos com vazão de 500 m³/h cada; construções de um reservatório de água com capacidade para 800 m³; de um reservatório elevado de 150 m³ para lavagem de filtros; de casas de bombas e estação elevatória; além de cerca de 41 mil novas ligações domiciliares.

A previsão é de que a obra seja reiniciada na primeira semana do mês de abril e concluída em 180 dias.

Luciano viabiliza com Fufuca ambulância para Pinheiro
Política

Progressista já havia conseguido mais de R$ 14 milhões em emendas. Verba será aplicada nos setores de saúde, esporte e infraestrutura

O prefeito do município de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), desembarcou na quarta-feira 16, em Brasília, para mais uma agenda positiva em busca de recursos para a população da cidade. Conhecedor do caminho das pedras, Luciano tem desenvolvido com extrema habilidade suas atribuições como chefe do Poder Executivo.

Durante encontro com presidente estadual do partido e 2º vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Fufuca, o progressista recebeu a garantia de uma nova ambulância para Pinheiro, a ser entregue ainda neste ano.

Há pouco mais de um mês, ele já havia garantido mais de R$ 14 milhões em emendas. Desse montante, pelo menos R$ 2 milhões foi viabilizado pelo próprio Fufuca, para auxiliar na pavimentação asfáltica da cidade e na reconstrução da feira municipal.

Segundo ressaltou o prefeito de Pinheiro nas redes sociais, o papel de um gestor não é somente administrar a cidade, mas também buscar convênios e outras ações que visam à execução de serviços e à captação e destino de recursos.

Luciano viabiliza mais R$ 2,2 milhões em emendas para Pinheiro
Política

Progressista já viabilizou mais de R$ 14 milhões para o município, que serão investidas nos setores da saúde, esporte e infraestrutura

 

Desde quando assumiu o Executivo Municipal em Pinheiro, o prefeito Luciano Genésio (PP) tem se empenhado na busca de recursos e investimentos para a cidade, principalmente para a área da saúde pública. Com boa relação junto à bancada maranhense em Brasília, o progressista já viabilizou mais de R$ 14 milhões em emendas, que serão investidas no setor e, também, em esporte e infraestrutura.

Na última quinta-feira 23, por exemplo, o deputado federal Júnior Marreca (PEN) foi mais um a se comprometer com o Pinheiro. Ele destinou R$ 2,2 milhões para o município, sendo R$ 1,2 milhão para a saúde e R$ 1 milhão para o esporte.

Antes de Marreca, Luciano já havia conquistado R$ 10 milhões com o ex-vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), e R$ 4 milhões com os deputados André Fufuca (PP-MA) e Luana Alves (PSB-MA).

Mesmo já tendo angariado uma boa verba para o desenvolvimento do município, o prefeito de Pinheiro garante que continuará trabalhando para conseguir mais recursos para melhorar a vida da população pinheirense. “Vamos continuar na busca incessante de captação de recurso, seja por meio dos nossos deputados federais, deputados estaduais, governos estadual e federal e projetos que tragam investimentos para nossa queria Princesa da Baixada”, afirmou.

Em Pinheiro, servidores vão receber salário antes do Carnaval
Política

Objetivo do prefeito Luciano é proporcionar ao folião a possibilidade de brincar e se divertir à vontade e com dinheiro no bolso

No município de Pinheiro, o prefeito Luciano Genésio (PP) determinou que o pagamento do funcionalismo municipal aconteça até o último dia útil deste mês, dia 24, antes das festas de Carnaval. O objetivo do progressista é proporcionar ao folião a possibilidade de brincar e se divertir à vontade e com dinheiro no bolso.

Para Luciano, o pagamento antes do Carnaval será de grande importância, tendo em vista o aumento das vendas no comércio durante esse período, fazendo com que o o dinheiro circule na própria cidade, gerando empresa e renda.

Com a regularização da folha do município, o planejamento da Prefeitura Municipal de Pinheiro é pagar a folha sempre dentro do mês de referência. Com a atualização das datas, a Secretária Municipal de Administração deve agira formular e divulgar o calendário anual de pagamento dos servidores públicos municipal.

Desde o dia 1º de janeiro último, Luciano vem inovando na forma de gerir Pinheiro. A cidade está tomada por obras e recuperações em praças e outros logradouros públicos. O ritmo de trabalho aliado à folha de pagamento em dia tem sido o somatório de uma gestão pautada no desenvolvimento do município.

Política

Recurso será destinado pela deputado Luana Alves, por meio de emendas impositivas

luciano-genesio-luana-alves

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), garantiu R$ 1 milhão em emendas impositivas para a pavimentação de tuas e avenidas da cidade. O recurso tem como origem o Ministério das Cidades, e foi conquistado em reunião com a deputada federal Luana Alves, nessa segunda-feira 6.

“Com esses recursos vamos fazer um grande investimento em asfalto para nossa cidade”, comemorou.

Além das articulações com Luana Alves em prol do avanço de Pinheiro, Luciano Genésio tem contado com o auxilio do 2º vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Fufuca, e do deputado Waldir Maranhão, ambos também do PP.

Os dois garantiram investimentos de emendas impositivas para o município.

Luciano Genésio começa a mudar a saúde pública de Pinheiro
Política

Salto na qualidade dos serviços prestados no município beneficia também toda região da Baixada Maranhense

Da Assessoria

Assim que tomou posse como prefeito de Pinheiro, uma das primeiras preocupações do prefeito Luciano Genésio e de sua equipe de governo foi tomar ciência da real situação da saúde pública do município. Em visita aos Hospitais Antenor Abreu e Materno Infantil, por exemplo, foi possível presenciar o tamanho do caos que foi deixada a saúde do município. Diante dos fatos, a prefeitura decretou estado de emergência na saúde da cidade.

Durante as visitas, foram constatadas inúmeras irregularidades como o atraso de salários de médicos e enfermeiros, ausência de chefia no setor e sem qualquer condição de trabalho para os profissionais de saúde. Faltava medicamentos e material para um simples curativo.

Em seguida, o prefeito e sua equipe visitaram a Samu, onde também foi constatado a precariedade no serviço. Foram encontrados equipamentos sucateados, parte da estrutura física comprometida e, para piorar a situação, apenas uma ambulância estava em condição de atender a população.

A partir do que foi encontrado nas visitas, o prefeito deu início a uma força tarefa para resolver de imediato parte desses problemas com o objetivo de oferecer uma saúde de qualidade para os pinheirenses.

Melhorias nos Serviços

Em apenas um mês de trabalho, o prefeito Luciano já conseguiu a reativação de 19 equipes de ESF (Estratégia da Saúde Familiar); a recuperação de quatro ambulâncias do Samu e, ainda, manutenção de mais outra unidade, além de uma USA (Unidade de Suporte Avançado) e um médico 24 horas do Samu.

Hoje, o paciente que chega no Hospital Antenor Abreu em busca de atendimento conta com cinco médicos, sendo um cirurgião, um anestesista, um ortopedista e dois clínicos. No Materno Infantil são dois pediatras, um obstetra, um anestesista, um ultrassonografista e, ainda, quatro nutricionistas atendendo nos dois hospitais.

Salto no atendimento

O resultado de todo esse empenho foi um salto na qualidade dos serviços prestados na saúde de Pinheiro, que também beneficia toda região da Baixada Maranhense, uma vez que 55% dos pacientes que utilizam a saúde pública de Pinheiro são de outras cidades. O trabalho realizado pelo prefeito Luciano Genésio permitiu também um salto no atendimento, foram cerca de 8000 em 30 dias.

“Encontramos uma saúde sucateada, onde um pouco que funcionava era precário. Em trinta dias estamos colhendo os frutos de todo empenho de nossa equipe. As melhorias implantadas, nos permitiu um salto na qualidade dos serviços e ampliamos o atendimento. Foram uma média de 8 mil atendimentos entre consultas, exames e cirurgias. Vamos trabalhar diuturnamente para melhorar a cada dia a vida dos pinheirenses”, afirmou Luciano Genésio.

Política

Conversas de WhatsApp mostram que Mônica Alves foi ameaçada e agredidada pelo prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio

A Associação Maranhense de Blogueiros (AMABLOG) repudiou, em nota emitida neste sábado 19, a ameaça e agressão sofrida pela blogueira Mônica Alves, por parte do prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP).

Durante uma discussão entre ambos no aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp, o progressista proferiu palavras de cunho machista contra Mônica. Antes, ao comentar sobre uma publicação feita pela profissional de imprensa, o prefeito eleito de Pinheiro ameaçou a blogueira.

Abaixo, a íntegra da nota da AMABLOG:

Nota de Repúdio

A Associação Maranhense de Blogueiros (AMABLOG) vem a público lamentar, repudiar e condenar a violência sofrida pela blogueira Mônica Alves por parte do prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP). Durante uma discussão entre a profissional de imprensa e o político, numa janela privada no aplicativo WhatsApp, este acabou ameaçando a blogueira e também proferiu palavras de cunho machista e criminoso.

A atitude reprovável de Luciano Genésio aconteceu na mesma semana em que, tristemente, aqui se referindo apenas ao que foi veiculado pela mídia, quase uma dezena de mulheres foi vítima de violência física praticada por homens.

O trabalho da blogosfera maranhense é apurar e relatar os fatos. Para isso, os blogueiros precisam ser respeitados e não cerceados ou ameaçados, como ocorreu. Quem perde com esse tipo de atitude é a sociedade que deixa de ser informada.

Por fim, a AMABLOG presta total solidariedade à blogueira Mônica Alves e alerta que não aceitará e nem permitirá que a relação de políticos para com as blogueiras do Maranhão seja novamente marcada pelo machismo ou qualquer tipo de ameaças.

Luis Cardoso
Presidente da Associação de Blogueiros do Maranhão

Luciano Genésio garante R$ 10 milhões em emendas para Pinheiro
Política

Recursos serão utilizados na reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para o Hospital Regional Antenor Abreu e para o Materno Infantil

O prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), garantiu R$ 10 milhões em emendas para o município.

A informação foi divulgada pelo próprio progressista, por meio de seu perfil pessoal no Instagram. A verba é fruto de emenda individual do presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), de quem é aliado.

Ao blog do jornalista Marcelo Vieira, Luciano Genésio informou que os recursos serão aplicados na reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para o Hospital Regional Antenor Dr. Abreu e para o Hospital Municipal Materno Infantil. “Faremos o Centro de Diagnóstico por Imagem e também o Centro oftalmológico”, acrescentou.

“Agradeço o empenho e o compromisso do deputado Waldir na campanha vitoriosa em Pinheiro. Agora fico mais feliz em saber que a nossa cidade está sendo reconhecida e a nossa futura gestão com credibilidade para buscar o desenvolvimento”, declarou Luciano.

Luciano Genésio perdoa Flávio Dino e faz visita ao Palácio
Política

Prefeito eleito de Pinheiro chegou a sofrer um atentato um dia antes da votação

O prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), mostrou ao governador Flávio Dino (PCdoB) que política não se faz com ódio e rancor, mas com alianças que beneficiem a população. Menos de 48 horas depois de eleito após perseguição do Palácio dos Leões, o progressista visitou a sede do Poder Executivo estadual, onde foi recebido pelo comunista.

Na reunião, nenhum comentário sobre o atentado sofrido por Luciano por parte da Polícia Civil, que caiu de bala em seu veículo um dia antes da votação; nada sobre a tortura sofrida por Luciano e nem mesmo sobre a safadeza de Márcio Jerry. Longe disso. O diálogo foi para ratificar a parceria entre Governo do Estado e a Prefeitura de Pinheiro para melhorar a qualidade de vida da população da cidade.

Constrangido pela atitude de Luciano Genésio, Flávio Dino parabenizou o novo prefeito de Pinheiro e garantiu que a população do município continuará a receber as políticas públicas do Executivo, a exemplo dos serviços do Hospital Macrorregional Dr. Jackson Lago, pavimentação de ruas por meio do programa 'Mais Asfalto', melhorias do sistema de abastecimento de água pelo 'Água Para Todos', apoio à agricultura familiar e a eventos esportivos e culturais, entre outros benefícios.

Genésio, por sua vez, preocupado com o desenvolvido do município, lembrou que chegou a ocupar a Superintendente de Articulação Regional de Pinheiro no governo comunista, e garantiu que não agirá de forma irresponsável durante a sua administração, mas de forma parceira com o Estado. “Temos uma história juntos, eu e o governador Flávio Dino, e estou à disposição para fazer as parcerias. Conversamos, analisamos e ficou acertado que Pinheiro marchará com o Governo do Estado”, destacou.

.

Impeachment: Victor Mendes negociou saída de Luciano Genésio das eleições
Política

Parlamentar votou a favor do afastamento de Dilma em troca do PP negar legenda para o pré-candidato a prefeito. Negociação foi avalizada pelo senador Ciro Nogueira

Não foi apenas em resposta à ameaça de auditoria do governo Flávio Dino nas contas da gestão de seu pai, o prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PMDB), que levou o deputado federal Victor Mendes (PSD) a mudar de voto em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Sabedor da ligação e influência do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, Mendes negociou o voto a favor do afastamento de Dilma em troca da garantia de que o PP não dará legenda para o suplente de deputado Luciano Genésio em 2016.

Com Genésio fora do páreo, já que não há mais prazo para troca de partidos, Victor Mendes acredita que a reeleição de seu pai se torna ainda mais fácil.