Adriano Sarney
Adriano alerta sobre golpe do governo em manifestações culturais do MA
Política

Projeto de lei do Executivo revoga trecho da lei que trata do sistema de gestão e incentivo à cultura maranhense. Matéria será votada amanhã na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) fez um alerta, nesta terça-feira 5, para o que ele considerou como um golpe do governo Flávio Dino, do PCdoB, na cultura do Maranhão.

Trata-se de um projeto de lei encaminhado pelo Poder Executivo à Assembleia Legislativa estadual que, se aprovado, pode prejudicar o custeio e incentivo de importantes manifestações tradicionais como bumba meu boi, cacuriá e blocos carnavalescos, além de projetos de música, dança e teatro entre outros.

“Isto é uma afronta! O governo quer revogar o trecho da lei que trata do sistema de gestão e incentivo à cultura do Maranhão. O dispositivo vai facultar ao Executivo utilizar 100% dos recursos do Fundo Estadual de Cultura do Maranhão (Fundecma) em projetos culturais oriundos do poder público, desobrigando-o de aplicar uma parte em grupos e manifestações populares e independentes de folclore”, explicou Adriano.

Como Dino controla a maioria esmagadora dos 42 deputados da Casa, a proposta do governo teve pedido de tramitação de urgência aprovado com facilidade em plenário, com voto contrário do deputado do PV.

A articulação do Palácio, agora, é para que o texto já seja colocado em votação e aprovado já na sessão desta quarta-feira 6.

Contrário à manobra, Adriano defende que projeto, pelo menos, seja primeiramente discutido de forma ampla com todo o setor cultural maranhense, tendo em vista que o Palácio dos Leões vem utilizando recursos públicos para pagar apresentações de cantores e artistas de outros estados, alguns, inclusive, membros do partido de Flávio Dino, o PCdoB, a exemplo da festa de Réveillon deste ano, conforme divulgação do próprio governo.

“Tivemos o Mais Assalto, o Mais Impostos e agora o Mais Juros”, dispara Adriano
Política

Base governista aprovou, nessa quarta-feira 18, a renegociação de empréstimos firmados pelo governo com o BNDES

O deputado Adriano Sarney (PV) criticou o governador Flávio Dino (PCdoB) durante defesa do voto contrário ao projeto de lei, de autoria do Executivo estadual, que permite ao comunista renegociar as operações de crédito firmadas pelo governo com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Estão querendo deixar essa dívida para a próxima governadora”, disparou.

A proposta, que ganhou o apelido de programa Mais Juros, foi votada e aprovada pela Assembleia Legislativa do Maranhão nessa quarta-feira 18.

Para Adriano Sarney, ao alongar o pagamento dos juros e aumentar o prazo das parcelas, Flávio Dino deixa o grosso da dívida para quem o suceder no Palácio dos Leões.

“Roseana deixou para o governo R$ 2,5 bilhões firmados com o BNDES. Esse recurso que Dino está torrando com asfalto de péssima qualidade. E agora, em vez de pagar, ele quer deixar para a próxima governadora a dívida. Isto é um absurdo. Nós já tivemos o Mais Assalto, o Mais Impostos e agora o Mais Juros”, resumiu o parlamentar.

“Repõe a verdade”, diz Adriano sobre desmonte de acusação contra Roseana
Política

Ministério da Integração Nacional desmentiu a informação de que uma auditoria havia detectado o desvio de dinheiro público na gestão da ex-governadora

O deputado Adriano Sarney (PV) aproveitou a sessão legislativa desta quarta-feira 20 para comentar sobre a informação que de uma auditoria do Ministério da Integração Nacional teria apontado para desvios de recursos públicos, na ordem de R$ 18 milhões, destinado para vítimas de enchentes, pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), sua tia.

O alarde contou até com publicação do governador Flávio Dino (PCdoB) nas redes sociais, mas foi desmentido no início desta semana pelo titular da pasta, Helder Barbalho, em documento oficial.

Segundo ofício endereçado à Roseana, que solicitou a informação após a disseminação do boato, o processo que culminou com a liberação de cerca de R$ 35 milhões para execução de obras e ações emergenciais no Maranhão, no ano de 2009, após enchentes que atingiram 68 municípios, nunca passou por qualquer auditoria da pasta.

“Esclareço não ter sido o referido processo objeto de auditoria, nem constatar qualquer irregularidade a pessoa de Vossa Senhoria quando no exercício do cargo de Governadora do Estado do Maranhão”, diz Barbalho no documento.

Para Adriano Sarney, o uso da falsa notícia é uma tentativa de estancar o avançando da ex-governadora na preferência do eleitorado maranhense. “Isso é uma mentira do governo comunista que inventou uma denúncia contra a ex-governadora Roseana, e o ofício do Ministério da Integração repõe a verdade”, ressaltou.

Embora sequer tenha declarado se decidiu concorrer ou não ao Palácio dos Leões em 2018, Roseana Sarney é favorita e vence em todos os cenários de intenção de votos, segundo levantamento recente divulgado pelo Instituto Escutec. A chapa da oposição ao Senado, formada pelo ministro do Meio Ambiente Sarney Filho (PV) e o senador Edison Lobão (PMDB), ainda segundo a Escutec, também lidera a pesquisa.

Empresários e parlamentares discutem formas de aquecer as vendas no comércio varejista
Economia

Discussão foi proposta pela Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, presidida pelo deputado Adriano Sarney

Representantes das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL) do Maranhão reuniram-se nesta segunda-feira (dia 18), na Assembleia Legislativa, para o Seminário de Disseminação e Articulação de Propostas de Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Varejo. O evento é promovido pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL-MA), presidida por Socorro Noronha. O seminário conta com apoio da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa (FPME), presidida pelo deputado estadual Adriano Sarney (PV).

“É muito importante a realização desse encontro com presidentes de CDL de todo o Estado para discutirmos com especialistas propostas de desenvolvimento do varejo. O setor de comércio e serviços é responsável por mais de 70% dos empregos formais no Maranhão e cerca de 50% dos empregos do país. Precisamos unir esforços para desenvolver esse setor e a FPME com as demais entidades parceiras podem contribuir muito, tornando o Legislativo um mediador entre o poder público e a iniciativa privada”, declarou Adriano.

Socorro Noronha, presidente da FCDL-MA, demonstrou otimismo em relação ao evento. “Acho que esse é um momento histórico porque estamos reunindo a classe lojista e o poder Legislativo, por meio da Frente Parlamentar, para dar visibilidade às demandas e buscar soluções conjuntamente. Deste encontro certamente vão resultar propostas para termos políticas públicas que de fato impulsionem o desenvolvimento do Maranhão”, declarou.

O seminário foi apresentado pelo professor Marcos Lima, da IAG Consultoria, acompanhado do gerente de projetos do CNDL, Daniel Sakamoto. Eles explicaram que, antes de chegar ao Maranhão, este evento foi realizado em 16 capitais brasileiras e que o objetivo é chegar a todas as capitais, como parte do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV).

Segundo Lima, esta é uma iniciativa conjunta da CNDL com o Sebrae Nacional e visa melhorar o ambiente de negócios e acelerar o desenvolvimento de vantagens competitivas no setor varejista, por meio da identificação, proposição e disseminação de políticas públicas e do fortalecimento das lideranças do setor.

Participaram do seminário, além de presidentes das CDL de diversos municípios do Maranhão; o vice-presidente da FPME, deputado Wellington do Curso (PP); o superintendente do Sebrae-MA, João Martins; Antônio Nunes, secretário de Governo do Estado; Fábio Ribeiro, presidente da CDL de São Luís; Francisco Brasil, presidente da CDL de Imperatriz; e Albertino Leal, superintendente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema).

Projeto de Adriano isenta escolas comunitárias do pagamento de água e luz
Política

Matéria está na Diretoria Legislativa da Assembleia Legislativa, aguardando parecer das comissões da Casa

A Assembleia Legislativa do Maranhão analisa projeto de lei de auditoria do deputado Adriano Sarney (PV) que isenta escolas comunitárias com titulo de utilidade pública do pagamento de faturas de água e energia elétrica.

Segundo o Sistema de Apoio ao Processo Legislativa, a proposta foi apresentada pelo parlamentar no mês passado, tendo já cumprido o prazo regimental na Mesa Diretora para o recebimento de emendas. Desde o início de agosto, se encontra na Diretoria Legislativa, aguardando a emissão de parecer das comissões da Casa.

Para ter direito ao benefício, é obrigatório a apresentação do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); certidões que comprovem a regularidade perante a União, Estado e Município; escritura comprovando a titularidade de propriedade; contrato de locação ou comodato, todos devidamente registrado; ou justificativa judicial, no caso de posse.

Concurso literário marcará comemoração do Dia Estadual da Poesia
Maranhão

Evento conta com a parceria do deputado Adriano Sarney. Inscrições serão abertas no dia 28 de julho e vão até o dia 6 de agosto, pelo site da AMEI

A Associação Maranhense de Escritores Independentes (AMEI), em parceria com o deputado estadual Adriano Sarney (PV), anuncia o concurso Novos Poetas Maranhenses – Prêmio Gonçalves Dias, que marcará o Dia Estadual da Poesia, instituído pela Lei 10.545/2016, de autoria do parlamentar, a ser comemorado no dia 10 de agosto.

“É muito importante incentivar e reconhecer o valor da arte dos poetas maranhenses. No meu projeto original, estava prevista a realização, pelo poder público, de um concurso literário, mas isso foi vetado pelo Governo do Estado. Então, em parceria com a AMEI, propomos essa premiação”, explicou Adriano.

As inscrições serão abertas no dia 28 de julho e vão até o dia 6 de agosto, pelo site da AMEI. A final do concurso está marcada para o dia 10, no horário das 16h30min até 18h30min, na Livraria e Espaço Cultural AMEI, localizada no São Luís Shopping, bairro Jaracati, em São Luís.

O primeiro classificado no concurso Novos Poetas Maranhenses receberá um prêmio no valor de R$ 1 mil. A mesa de seleção dos textos e de jurados será composta por três membros, sendo um da Academia Maranhense de Letras (AML), um da Academia Ludovicense de Letras (ALL) e um da AMEI. O concurso integra a programação da 1ª Semana Maranhense de Literatura, realizada pela AMEI em parceria da Academia Ludovicense de Letras com a Federação das Academias de Letras do Maranhão (FALMA).

Lembrando que o dia 10 de agosto é também a data de nascimento do conceituado poeta Gonçalves Dias e também é o dia da fundação da AML e da ALL.

Adriano alerta empresários sobre programa de crédito do governo
Política

Segundo parlamentar, proposta deveria ter sido discutida na recém-criada Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) fez nesta semana um alerta a respeito da Medida Provisória nº 233/2017, editada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), que institui o Programa Maranhão Juros Zero, aprovada na Assembleia na quarta-feira 21.

Segundo o parlamentar, essa proposta deveria ter sido discutida na recém-criada Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, que ele preside, bem como seguir o trâmite normal da Casa, passando pelas comissões temáticas.

“É uma clara tentativa do governador Flávio Dino de suprir o aumento de impostos que ele impõe aos empresários e à toda a população”, critica.

De acordo com Adriano, é preciso ficar atento para alguns pontos do Maranhão Juros Zero. “Por exemplo, esse programa não tem carência. O micro empresário toma um empréstimo e no mês seguinte já tem que começar a pagar a primeira parcela. Também não sabemos quais são as taxas que serão pagas. Enfim, tudo isso nós tínhamos que discutir mais”, disse o deputado.

Segundo o parlamentar, o setor de micro e pequenos empresários e empresárias compõem uma rede de milhares de pessoas, que representam 98% das empresas do estado, uma parcela importante da sociedade que certamente vai se unir para fiscalizar esse programa do governo.

“Vamos acompanhar a quantidade de tomadores de empréstimo, monitorar a curva de inadimplência e colher mais informações junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica, porque esse é um projeto que tem parceria de bancos oficiais. Nós queremos saber como esse projeto vai funcionar, de fato, para que não seja apenas mais uma iniciativa puramente eleitoreira do governo comunista”, explicou Adriano.

Mudança é a volta da lata d’água na cabeça, diz deputado
Política

Constatação foi feita por Adriano, em relação ao município de Presidente Sarney

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) denunciou o grave problema do abastecimento d'água no município de Presidente Sarney. Ele responsabilizou o governo Flávio Dino (PCdoB), por meio da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), pelos constantes transtornos causados à população.

“O governo da mudança é uma revolução às avessas e o município regrediu aos tempos da lata d'água na cabeça”, declarou.

De acordo com o parlamentar, desde de 2009, na gestão do então prefeito Edison Chagas, o material para tratamento d'água passou a ser fornecido normalmente pela Caema, durante o governo Roseana Sarney. Com a mudança de governo, ressaltou Adriano, a Caema cortou o fornecimento dos insumos e a prefeitura teve de arcar sozinha com os custos para continuar a fornecer água potável à população.

O deputado do PV disse que o problema teve início neste ano, terceiro ano de Flávio Dino a frente do Palácio dos Leões.

Para acabar com a situação de sofrimento da população, Adriano promete ingressar com um requerimento junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, exigindo do governo estadual providências para a normalização do abastecimento d'água no município de Presidente Sarney.

“Isso é o mínimo que o governador Flávio Dino deve fazer e, em tempo, reavaliar as palavras que foram ditas na eleição da prefeita comunista, que hoje comanda aquele município, que prometeu uma revolução e o que vemos é o retrocesso, o atraso”, ressaltou.

Adriano destaca ações do Ministério do Meio Ambiente no Maranhão
Política

Dentre as ações há os processos de criação de Reservas Extrativistas (Resex), que vão beneficiar mais de 14 mil famílias no estado

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) destacou diversas ações que o Ministério do Meio Ambiente (MMA) está executando pelo Maranhão, como processos de criação de Reservas Extrativistas (Resex), que vão beneficiar mais de 14 mil famílias no estado, o programa Bolsa Verde, os projetos para revitalização dos rios federais, o incentivo ao turismo nos parques, o combate ao desmatamento, o apoio a gestão dos resíduos sólidos e aterros sanitários, a nova sede do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), a doação de máquinas e equipamentos, dentre outras iniciativas.

“Agora podemos sentir a presença forte do Ministério do Meio Ambiente em nosso Estado”, comentou o deputado em discurso no plenário da Assembleia Legislativa, no dia 27 de abril.

Adriano ressaltou, primeiramente, a série de audiências públicas ocorridas durante a semana para a criação de três importantes Reservas Extrativistas (Resex) no Maranhão, beneficiando milhares de famílias. “Estão sendo criadas no município de Icatu e Humberto de Campos a Resex Baía do Tubarão. Também será criada a Resex Arapiranga Tromaí, em Carutapera e Luiz Domingues e, por fim, a Resex Itapetininga, no município de Bequimão”, relatou o deputado.

O deputado informou que tem acompanhado mais de perto, juntamente com o prefeito José Martins, a criação da Resex Itapetininga, em Bequimão. “É uma demanda que vem dos moradores da região, dos pescadores e também daqueles que trabalham com agricultura familiar, com a juçara, o babaçu. É uma luta de muitos anos que agora está se tornando realidade”, comemorou Adriano.

Outro ponto destacado pelo deputado é a questão do estímulo ao desenvolvimento sustentável das populações tradicionais, por meio da Bolsa Verde, do Ministério do Meio Ambiente, para complementar a renda das famílias.

O parlamentar comentou também as ações do MMA voltadas ao turismo sustentável, com programas voltados ao desenvolvimento do Parque dos Lençóis e ao Parque da Chapada das Mesas.

Há ainda a nova sede do Centro de Triagem de Animais Silvestres, em São Luís (MA), que visa cuidar e reinserir na natureza animais silvestres apreendidos em fiscalizações. “O Ministério do Meio Ambiente realizou também entrega de máquinas e reforma das sedes das unidades de conservação”, acrescentou Adriano Sarney.

Adriano anuncia frente em defesa do profissional da Contabilidade
Política

Parlamentar defende que o profissional do setor é imprescindível para o desenvolvimento econômico do estado

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) anunciou, nessa quinta-feira 27, durante sessão solene realizada na sede do Poder Legislativo do Maranhão para homenagear o Dia do Contabilista, a criação da Frente Parlamentar em Defesa do Profissional da Contabilidade.

Segundo o parlamentar, o profissional de contabilidade é imprescindível para o desenvolvimento econômico do estado.

“O contabilista é de suma importância pois ele transita entre o empresariado, as organizações, a pessoa física e a Assembleia Legislativa. É esse profissional que conhece a fundo as leis do setor, as regulamentações fiscais estaduais e devemos cada vez mais aproximarmos a Casa Parlamentar do profissional de contabilidade”, declarou Adriano.

Na oportunidade, Adriano convidou os homenageados a integrarem a Frente Parlamentar em Defesa da Micro e Pequena Empresa, que vem sendo articulado por ele com todo o setor produtivo desde o ano passado.

O evento foi prestigiado por diversas lideranças da classe, como o presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC) do Maranhão, Antonio das Graças Alves Ferreira; o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Sescap) do Maranhão, Gilberto Alves Ribeiro; e o representante do Fórum Executivo Contábil, Ranio de Jesus Azevedo Gamita.

“Para a classe contábil é de fundamental relevância o reconhecimento da sociedade da importância do profissional de contabilidade para o desenvolvimento da nação”, declarou o presidente do CRC-MA.

Representantes de instituições de ensino superior públicas e privadas, profissionais da contabilidade, autoridades da esfera municipal e estadual, e estudantes da área contábil também se fizeram presentes na solenidade.

“O turismo é aliado da preservação dos parques nacionais”, diz Adriano Sarney
Política

Parlamentar representou a Assembleia Legislativa em evento que contou com a presença do ministro Sarney Filho e do presidente da ACM, Felipe Mussalém

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) representou a Assembleia Legislativa na solenidade de apresentação do “Programa de Turismo nos Parques: oportunidades x sustentabilidade”, que visa investimentos e melhorias em 25 parques nacionais, entre eles o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O evento foi realizado na quarta-feira 19, no auditório na Associação Comercial do Maranhão (ACM), em São Luís.

“O desenvolvimento do Maranhão só se dará com o incentivo à iniciativa privada. Da mesma forma, os parques nacionais precisam do turismo sustentável para, assim, ganhar cada vez mais novos aliados para garantir a preservação”, declarou Adriano, durante a solenidade.

O evento contou com a presença do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, além do presidente da ACM, Felipe Mussalém, e autoridades e empresários de diferentes segmentos da economia local.

Entre as perspectivas discutidas, ressaltou-se que os parques nacionais podem ser fonte de desenvolvimento e de geração de renda para os municípios da região, com a implantação de atividades turísticas, recreativas e de lazer que movimentam diversos setores econômicos, como o hoteleiro, gastronômico, de guias e de locação de veículos e equipamentos. Assim, o turismo, o lazer e a educação ambiental têm potencial para ampliar a preservação e estimular as economias locais, beneficiando amplamente as comunidades próximas.

Adriano exige coerência da bancada governista
Política

Parlamentar comparou a situação do governador Flávio Dino a do ex-senador José Sarney na Lava Jato

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) deu o tom dos debates na Assembleia Legislativo do Maranhão, nessa terça-feira 18, cobrando coerência da base governista, que tenta utilizar pesos e medidas diferentes para o governador Flávio Dino (PCdoB) e os demais políticos citados nos acordos de delação premiada na Lava Jato.

“Assim como os governistas acreditam na inocência de Flávio Dino, eu tenho convicção de que o ex-presidente José Sarney está sendo injustiçado”, declarou.

Para Adriano, os políticos listados na chamada “delação do fim do mundo” estão em situação semelhante, serão devidamente investigados e vão, eventualmente, apresentar cada um a sua defesa à Justiça.

“Agora Flávio Dino vai se medir com a própria régua?”, indaga Adriano
Política

Parlamentar lembrou que comunista julgar os seus opositores e os chama de ladrões e quadrilheiros mesmo antes destes serem julgados

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) questionou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), quanto à denúncia de ter recebido a doação de R$ 400 mil, por fora, da empreiteira Odebrecht, para custear sua campanha eleitoral ao Palácio dos Leões, em 2010.

“Qual vai ser a régua que o governador vai utilizar nesse caso? Será a mesma régua que ele utiliza para julgar os seus opositores, que os chama de ladrões e quadrilheiros mesmo antes de serem julgados? Agora Flávio Dino vai se medir com a própria régua?”, indagou o parlamentar em discurso na tribuna, nesta quarta-feira 12.

“O governador Flávio Dino, em suas redes sociais e entrevistas, principalmente aquelas que são focadas para a esquerda brasileira, gosta de julgar e condenar seus adversários. Entretanto, eu não vou agora me utilizar da mesma régua, do mesmo método do governador. Trata-se de uma acusação grave e, portanto, deve ser apurada de forma equilibrada e séria pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, não minimizada numa vala comum das disputas políticas entre oposição e governo”, completou Adriano.

De acordo com as investigações, no bojo das delações premiadas da Lava Jato, maior esquema de corrupção do país já desbaratado pela Polícia Federal (PF), o ex-executivo da Odebrecht, José de Carvalho Filho, confirmou ter participado de reuniões com o então deputado federal comunista, para tratar de questões acerca do Projeto de Lei 2.279/2007, o qual atribuiria segurança jurídica a investimentos do empreiteira. Dino foi relator da matéria durante passagem do texto pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados.

Como não apresentou qualquer manifestação à proposta, o comunista se diz inocente das acusações que lhe foram imputadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR), em denúncia feita ao Supremo Tribunal Federal (STF), e possivelmente vazada para o comunista.

A atuação de Adriano e o Dia Mundial da Água
Política

Parlamentar tem atuado em diversas frentes em prol dos recursos hídricos do Maranhão

O deputado Adriano Sarney (PV), durante a sessão na Assembleia Legislativa, lembrou o Dia Mundial da Água, comemorado nesta terça-feira (22). O parlamentar, que é autor da Lei nº 10.309/2015, que institui as diretrizes para o programa estadual de conscientização, conservação e uso racional da água, pediu o empenho de todos para a implementação de políticas públicas referentes a saneamento básico e destacou a necessidade em reunir forças para proteção das riquezas hídricas.

“Hoje se comemora o Dia Mundial da Água, este recurso que essencial para a humanidade. O Brasil é uma das maiores reservas de água doce do mundo e aqui no Maranhão, conhecido pelos seus potenciais hídricos, precisamos reunir forças e gostaria de fazer um apelo às autoridades, deixando de lado as bandeiras partidárias, para implementarmos políticas públicas mais eficientes em proteção aos nossos rios e mananciais, investindo em fontes alternativas de captação e reuso e conscientização permanente da população sobre a importância da conservação da água”, disse o parlamentar.

Adriano Sarney destacou que, além de proposições, tem atuado em diversas frentes em prol dos recursos hídricos do Maranhão. “Apresentamos em apenas dois anos vários projetos de leis, coordenamos o debate sobre a despoluição dos rios e balneabilidade das praias da Ilha de São Luís, visitamos a Hidrelétrica de Estreito para debater os impactos ambientais com a baixa vazão do Rio Tocantins, estivemos reunidos no município de Balsas com vereadores e representantes da ONG Instituto de Defesa do Rio Balsas para discutir medidas para combater a diminuição do volume das águas, entre outras ações. Queremos agora nos reunir com todos os representantes dos comitês das bacias hidrográficas estaduais e federais do Maranhão”, assinalou.

Ainda em seu pronunciamento o parlamentar assegurou que o Ministério do Meio Ambiente vai investir mais de R$ 40 milhões em bacias hidrográficas e boa parte desses recursos serão destinados para o Maranhão.

Adriano destina R$ 100 mil ao Sebrae para empoderamento do microempresário
Política

Emenda tem como objetivo apoiar projetos de incentivo ao empreendedorismo

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) reuniu-se com o superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, na última terça-feira 14, para discutir e propor parcerias com a Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa como forma de incentivo e desenvolvimento ao setor econômico do estado.

A proposta é uma das bandeiras de luta do parlamentar, que atua como coordenador da Frente que reúne micro e pequenos empresários, microempreendedores individuais, produtores rurais, feirantes, comerciantes e população em geral.

Na oportunidade, Adriano entregou ao Superintendente do Sebrae a Emenda Parlamentar 22/2016, de sua autoria, que destina o valor de R$ 100 mil para a instituição, com o objetivo de colaborar com a promoção do empreendedorismo, do desenvolvimento e ações de apoio às micro e pequenas empresas do Maranhão.

Durante o encontro, foram discutidas várias formas de parceria entre o Legislativo e o Sebrae que podem resultar em diversos cursos de aprimoramento técnico para os servidores da Assembleia, além de estudos estratégicos na área econômica com vistas ao desenvolvimento dos municípios maranhenses.

Com Flávio Dino o Maranhão ficou mais pobre, alerta Adriano
Política

Levantamento de O Globo mostrou que, de 2015 a 2016, PIB do Estado encolheu 10,2%. Nova queda chegou a faixa de -6,9%

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) destacou, na sessão de retorno dos trabalhos na Assembleia Legislativa do Maranhão, nessa segunda-feira 6, recente reportagem de O Globo, que revelou que os números da economia do Estado pioraram no governo Flávio Dino.

De acordo com o parlamentar, a reportagem mostrou que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) chegou a faixa de -6,9% em 2016. Ele salientou que, em 2015, primeiro ano do governo comunista, o PIB já havia sofrido uma queda expressiva de -3,3%, ou seja, em apenas dois anos de comando de Flávio Dino (PCdoB) no Palácio dos Leões, a economia encolheu incríveis 10,2%.

Adriano lembrou que é antes da entrada de Dino no Palácio, quando o Estado era governado pela peemedebista Roseana Sarney, a economia do Maranhão crescia a taxa média de 6% ao ano, maior do que a média nacional, que registrava a taxa de 2,7%. Quadro diferente do governo Dino, que em dois anos, apresentou quedas consecutivas. Como agravante de que a economia do Maranhão vem encolhendo, em média, mais do que os outros estados brasileiros.

desempenho-pib-maranhao

“Antes do governo comunista, o Maranhão crescia acima da média dos estados, hoje cai mais do que a média nacional. Então, não basta dizer que essa é uma crise nacional, mas é preciso reconhecer que a crise é mais acentuada no Maranhão. Por quê? Porque o governador aumenta imposto, reduz investimentos em infraestrutura, investimentos importantes, o que significa menos dinheiro circulando em nossa economia”, declarou o deputado.

Adriano Sarney anuncia pacote para fortalecimento do Legislativo
Política

Entre as proposições estão temas relacionadas a emendas impositivas, acesso irrestrito a órgãos públicos estaduais e municipais

Após ser empossado membro da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira 1º, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) anunciou um pacote de medidas para o fortalecimento do Legislativo.

Entre as proposições, estão temas relacionadas a emendas impositivas, acesso irrestrito a órgãos públicos estaduais e municipais, entre outras.

“Estas medidas farão com que os deputados tenham maior autonomia para legislar, uma vez que reduzirão a dependência em relação ao Poder Executivo, a exemplo das emendas impositivas. Além disso, estas proposições ampliarão o poder de fiscalização dos parlamentares”, declarou o deputado.

Adriano Sarney concluiu o seu segundo ano de mandato com mais de 100 proposições (projetos de lei, indicações e requerimentos). Neste ano, agora membro da Mesa Diretora da Assembleia, ele ressaltou que também atuará fortemente na coordenação da Frente Parlamentar em Defesa do Micro e Pequeno Empresário.